Comunicado às organizações populares e à Imprensa

Comunicado às organizações populares e à Imprensa

- Ocupação de área urbana para a população de baixa renda –

A especulação imobiliária desenfreada é implacável em impedir o acesso da população de baixa renda à moradia digna. Programas sociais de assistência, como o Minha Casa, Minha Vida são utilizados pela burguesia especuladora para encarecer ainda mais o preço da moradia popular, inflacionando o mercado. Isto faz com que reste pouca alternativa à população digna e trabalhadora de baixa renda, que não consegue ter acesso a este direito inalienável, previsto na Constituição Brasileira.

Indignados com esta realidade, integrantes do Movimento dos Sem Teto e diversas organizações populares fizeram hoje uma ocupação na Ceilândia BR 070 para reivindicar moradia para a população de baixa renda e o fim da especulação imobiliária, que torna a moradia mais cara para toda a população!

Convidamos a todos os movimentos sociais, organizações e a população em geral para comparecerem a este movimento que tem como norte a mobilização popular como ferramenta para transformação da sociedade com justiça social, paz, respeito ao meio ambiente, acesso ao lazer, cultura, educação, saúde e emprego.

Esta ocupação de hoje tem como objetivo denunciar a vergonhosa política habitacional de sucessivos governos que ainda se submetem às empreiteiras, tornando Brasília o epicentro da especulação imobiliária. Debaixo dos olhos do Poder Público vemos a miséria e a falta de perspectiva, maquiadas pelos enormes gastos com publicidade para nos convencer de que uma grande mudança impulsionada pelo governo está acontecendo.

De fato, as mudanças que estão ocorrendo são duas: a primeira é que está cada vez mais difícil ter acesso à moradia digna, por conta da especulação imobiliária, a grilagem e a apropriação indevida dos programas sociais por parte das grandes construtoras; a segunda, esta sim de valor real para a população, é que cada vez a população e as organizações populares percebem com mais clareza que só a luta muda a vida, que programas sociais dos governos nunca serão eficazes para solucionar os problemas da população de baixa renda do nosso país. Só com esta compreensão, de que não podemos esperar que o governo faça uma transformação que é a nossa tarefa histórica, poderemos fazer frente a este processo que vem acontecendo em Brasília e realmente conquistarmos este e tantos outros direitos.

Cabe a nós agora fortalecermos esta luta, transformando a ocupação em um lugar ativo, cheio de vida e alegria que vem da luta por um sonho de uma vida melhor. Sendo assim, estejam todos convidados para a Ocupação de Julho de 2011, território livre do Distrito Federal, onde manda o povo e o governo obedece.