Telhados brancos diminuem ilhas de calor e ajudam na conservação das edificações

O Brasil já é o 4º lugar no ranking de países com maior número de prédios verdes com certificações Leed (Liderança em Energia e Design Ambiental, na sigla em inglês) - selo concedido pela Green Building Council Brasil (GBC Brasil), após uma série de avaliações. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos, Emirados Árabes e China. A GBC é uma organização não governamental que visa fomentar a indústria de construção sustentável. Com o crescente interesse em construções sustentáveis, o Brasil ganha notoriedade no cenário internacional.

Uma solução sustentável possível é a utilização de telhados brancos. O método emprega revestimentos com membrana protetora elástica e resistente em telhados e lajes expostos às condições climáticas extremas. Já bastante difundida nos EUA e Europa, a tecnologia foi criada a partir da necessidade de eliminação das “ilhas de calor”, responsáveis pela elevação da temperatura de 1 a 6ºC nas cidades.

O engenheiro civil João Carlos Pimenta, presidente do Clube de Engenharia de Brasília, esclarece que a cor branca é capaz de refletir grande parte do calor, enquanto tonalidades coloridas – no caso de telhados, a cor de tijolo, por exemplo – retém energia solar. Parte dessa energia faz permear calor para a parte interna da casa, gerando necessidade de outros consumos, como ar-condicionado e ventilação.

Quanto ao custo, o especialista acredita que não haja diferença em relação a outras coberturas. “Se a pessoa for usar telhas pré-pintas, basta escolher a cor branca”, sugere. A beleza também não é problema freqüente quando se trata de telhados frios: “O estético é subjetivo. Uns gostam, outros, não”.

A princípio, em Brasília o clima pode não colaborar para a adoção dessa tecnologia se alguns cuidados não forem tomados. É que, durante os períodos de seca, a poeira depositada sobre os telhados esconde a cor branca e anula o benefício da luminosidade refletida. Assim, a dica de Pimenta é ter cuidado redobrado com a manutenção durante a estiagem. Apesar de mais dispendiosa, a precaução previne que a sujeira avermelhada venha a ficar intensa a ponto de prejudicar a reflexão de calor do telhado branco.

A Dow, empresa especializada nas áreas de químicos especiais, materiais avançados, ciências agrícolas e plásticos, oferece opções de telhados brancos. Segundo Daniel Arruda, gerente de marketing da Dow, além de protegerem as edificações contra o desgaste e melhorarem a eficiência energética, esses telhados prolongam a vida útil das construções.